Chamada de artigos para a Revista Psicologia Política (ISSN 2175-1390)

A Revista Psicologia Política é um periódico criado em 2001 pela Associação Brasileira de Psicologia Política (ABPP). Trata-se de uma publicação dirigida ao campo de estudo da Psicologia Política, o qual se caracteriza pela interdisciplinaridade, na medida em que se constitui a partir de contribuições de diferentes áreas das ciências humanas. O foco da revista é a publicação de estudos originais, sejam empíricos ou teóricos, sobre fenômenos políticos – abrangendo debates relativos, por exemplo, a movimentos sociais, políticas públicas, relações de dominação, democracia – ou sobre a história e/ou perspectivas teóricas da psicologia política. Estes estudos podem ser orientados por diferentes abordagens teóricas e metodológicas (qualitativas e quantitativas) que privilegiem a ruptura com dicotomias como indivíduo x sociedade, condições subjetivas x condições subjetivas, ciência x política. Considera-se interessante que as produções submetidas à revista discutam o modo como concebem as noções de político e/ou de política em suas análises, sendo uma preocupação da RPP fomentar debates internos ao próprio campo de estudo da Psicologia Política.

Além do fluxo contínuo de submissão de artigos à RPP, estamos no momento com duas chamadas de artigos abertas:

 

  1. Chamada de artigos: “Sujeito, Política e Democracia”

Ementa: debater, no campo interdisciplinar da psicologia política, concepções diversas de sujeito, política e democracia e as implicações destas concepções para a nomeação de projetos de sociedade. Entendemos que estes três conceitos são fundamentais para a elaboração de reflexões psicopolíticas, na medida em que implicam problematizações quanto à compreensão de processos de subjetivação, dos limites e condições estruturais de construção de lutas políticas, das possibilidades de ampliação e legitimação de demandas sociais na esfera pública, dos modos de constituição e objetivação de imaginários sociais. Trata-se de um convite para que as/os pesquisadoras/es da área reflitam sobre quais noções de sujeito e quais conceitos de política estão sendo utilizados nas análises e pesquisas em curso no cenário atual.

Prazo para submissão dos artigos: para esta chamada de artigos não estipularemos uma data limite, pois trata-se de uma linha editorial de interesse da RPP, devendo os artigos serem enviados no fluxo contínuo da revista através do sistema de submissão: http://submission-pepsic.scielo.br/index.php/rpp/user. Como se trata de um campo privilegiado para as discussões epistemológicas da área, estas contribuições serão publicadas em uma sessão de destaque.

 

  1. Chamada de artigos: “Teorias e análises intereseccionais no enfrentamento político de desigualdades e opressões”

Ementa: a perspectiva interseccional analisa as sobreposições ou intersecções de identidades sociais e sistemas relacionados de hierarquização, opressão, dominação ou discriminação, bem como os processos de resistência e ação que emergem como enfrentamento. Esse campo teórico sugere e procura examinar como diferentes categorias biológicas, sociais e culturais, tais como gênero, raça, classe, capacidade, orientação sexual, religião, casta, idade e outros elementos produtores de identificação interagem em níveis múltiplos e muitas vezes simultâneos. O objetivo é reunir reflexões que abarquem as dinâmicas e efeitos destes processos para as teorias e metodologias críticas de pesquisa, mas também para pensar fenômenos sociais e políticos específicos, no campo das políticas públicas, grupos e instituições, movimentos sociais e protestos.

Prazo para submissão dos artigos: receberemos artigos para esta chamada até o dia 30 de abril de 2019 através do sistema de submissão da Revista: http://submission-pepsic.scielo.br/index.php/rpp/user

 

Quaisquer dúvidas e esclarecimentos entrem em contato conosco através do e-mail: revistapsicopol@gmail.com.
Comissão Editorial da RPP

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.