Boletim Informativo da Associação Brasileira de Psicoterapia | Nº 8/2019 | Setembro

Associados e Associadas da ABRAP,

Concidadãos e Concidadãs, Sociedade Brasileira.

Palavra da Presidente

Aos 23 e 24 de agosto aconteceu o I Seminário Interativo Internacional: Novos enfoques do maltrato desde perspectivas relacionais. Essa foi sem dúvida uma nova oportunidade para a ABRAP seguir com seu objetivo de abrir espaço para diálogos interativos, que nos auxiliem a continuarmos cumprindo com nossa responsabilidade enquanto psicoterapeutas.

Esse Seminário que teve como ministrantes o Prof. Dr. Juan Luis Linares e a Profa. Dra. Regina Giraldo Arias, profissionais respeitados internacionalmente. Segundo o público presente, a proposta oferecida para a realização desse Seminário mostrou-se eficaz para fomentar o diálogo e a produção de questionamentos e ideias novas. Foi possível, ainda, visualizar os conhecimentos teóricos e técnicos implicados nas propostas interventivas. Tal implicação foi nomeada com a colaboração das moderadoras que exerceram, com dedicação, uma função tão relevante numa proposta como a que levamos a esse Seminário. Nosso muito obrigado às moderadoras. Ou seja, ficou visível o fazer alinhado ao ser e o saber.

Nessa perspectiva de alinhar o saber ao ser e fazer, as simulações de atendimento, contando com colegas-atores, facilitou tal processo ao público presente. Agradecemos às atoras e ator que se envolveram intensamente com esse projeto.

E para as considerações finais, uniram-se a nós um juiz de direito; uma psicoterapeuta; uma psiquiatra e psicanalista, que participavam desse Seminário. Agradecemos a vocês por suas contribuições nesse alinhamento final.

Conhecer a apreciação dos participantes, permitiu à comissão organizadora desse evento experimentar uma significativa satisfação. A ABRAP pode, nesse momento, sentir-se gratificada, pois mais uma vez deu espaço para que as diferentes vozes produzissem juntas. Seguimos promovendo atividades e ações que permitam aos psicoterapeutas terem voz e nos dedicando para que o exercício da psicoterapia seja reconhecido e qualificado.

Compartilha-se a seguir, por meio de uma tradução livre, um escrito do Dr. Giammarco Manfrida e da Dra. Valentina Albertini (2015). Tal escrito nos auxilia a explicitar o que motiva essa diretoria e conselhos ABRAP.

Escreveram Manfrida e Albertini (2015) em suas conclusões nesse seu artigo, sob a forma de uma devolução aos colegas terapeutas: (…) Vivemos em um mundo que rejeita as responsabilidades: trata-se de um mundo rápido, veloz, instantâneo, com cada vez menos espaço para a reflexão e o pensamento. Nós terapeutas não temos que cair nessa armadilha da velocidade e da falta de responsabilidade: ainda que seja duro, temos que nos manter firmes na crença que estamos fazendo algo importante, uma pequena contribuição para fazer deste mundo um lugar melhor. E não devemos deixar de aprender nunca: porque devemos isso a nós mesmos, mas devemos mais ainda a nossos pacientes. (…).

E assim a ABRAP seguirá ao lado dos psicoterapeutas atuando para que o exercício da psicoterapia seja reconhecido e valorizado, pois contamos com psicoterapeutas que têm consciência de sua responsabilidade e seguem cuidando de sua formação de modo continuado, para ter melhores possibilidades de atender às necessidades de nossa população.

Relatar nossas experiências e atividades segue parecendo-nos o caminho adequado para compartilharmos com vocês as ideias que vão sendo geradas, fruto da nossa participação em eventos e outras atividades. A experiência vem reforçando a adequação de mantermos tal iniciativa. Assim vamos transmitindo nossas vivências enquanto escrevemos a história.

Uma das maneiras de que dispomos para transmitir estes relatos é o nosso site www.abrap.org em especial na seção ABRAP INFORMA. Outra maneira é este boletim periódico, o qual também inserimos no site, além de divulgar por e-mail, e pelas redes sociais a cargo de nossa Conselheira Dra. Marluce Muniz de Souza Pedro: Facebook- @ABRAP.org.br; chamadas pelo Twitter- @ABRAP_ABRAP; e Instagram- oficialabrap.

Esta é a oitava edição do nosso boletim informativo produzida na Gestão 2017-2019. Esperamos que lhes traga proveito.

Notícias

XV Congresso Relates 2019- As origens da terapia familiar: a validade dos pioneiros.

27 a 29 de junho de 2019.

A presidente da ABRAP, Angela Hiluey, como diretora do CEF- Centro de Estudos da Família Itupeva, que é uma escola associada a Relates, esteve presente a esse evento. E assim a ABRAP esteve representada.

Saiba mais AQUI.

I Seminário Interativo Internacional: Novos enfoques do maltrato desde perspectivas relacionais23 e 24 de Agosto de 2019 em São Paulo. Saiba mais AQUI.

Nesse I Seminário em pleno séc. XXI tivemos a voz feminina e a voz masculina se ocupando juntas e dialogando entre si e conosco sobre o tema do maltrato numa perspectiva relacional.

Objetivando esse diálogo nossos convidados Prof. Dr. Juan Luis Linares e a Profa. Dra. Regina Giraldo Arias nos agraciaram com artigos de sua autoria. Propomos que revejam tais artigos anteriormente já notificados em nosso Boletim ABRAP. Tais artigos já foram publicados, mas temos a autorização das fontes originais para reprodução. Veja os artigos

Agradecemos a Redes- Revista de Psicoterapia Relacional e Intervenciones Sociales por nos permitir essas reproduções.

E agora que o I Seminário Interativo Internacional já ocorreu, acompanhem uma retrospectiva estimulados pela imagem de nossa mesa de abertura nesse evento: Saiba mais AQUI

A nossa mesa de abertura composta por: Rogério Giannini, presidente do CFP;  Rosana Trindade, coordenadora do Curso de Psicologia da Universidade Anhembi Morumbi; Davi Rodrigues Ruivo Fernandes do núcleo de psicoterapias do CRP-06; Ângela Soligo presidente da ABEP-Associação Brasileira de Ensino de Psicologia;  Silvana Silvestre presidente da ABRATEF- Associação Brasileira de Terapia Familiar; Mathilde Neder diretora científica da ABRAP. Nossa presidente, Angela Hiluey apresentou a sessão de abertura.

Acordo de colaboração entre ABRAP e ABRATEF

Durante o I Seminário firmamos o acordo de colaboração

Vemos o momento em que a ABRAP e a ABRATEF firmaram um Acordo de Colaboração entre suas entidades. Num Ato Solene ao término da simulação de atendimento com Regina Giraldo, do diálogo com as moderadoras Verônica Cezar-Ferreira e Sandra Dias, com os atores da simulação e com os participantes as presidentas da ABRATEF, Silvana Silvestre e da ABRAP, Angela Hiluey representaram suas entidades e firmaram tal compromisso.

Reunião Científica ABRAP

Nossa Reunião Científica, coordenada por nossa Diretora Científica Profa. Dra. Mathilde Neder, seguiu acontecendo na última quarta-feira de cada mês, como programado. Temos um programa de discussões para o ano todo.

Contamos nessas últimas Reuniões Científicas com a presença de expositores com quem estabelecemos uma rica interlocução. Conosco estiveram:

Aos 26 de junho: a psicoterapeuta Cristiane Jatene que coordenou uma atividade a: Oficina autobiográfica através do “Baralho de Palavras”.

Aos 28 de agosto: o Prof. Dr. Renato Mezan que dialogou conosco sobre- A clínica no mundo contemporâneo

O espaço é aberto à participação até mesmo de não associados ABRAP. Inscreva-se através do e-mail: secretaria@abrap.org.

 

A prática psicoterapêutica no Século XXI.

O conhecimento produzido no campo da Psicoterapia ao longo do tempo nos permite visualizar os desafios advindos dessa própria evolução.

Nessa edição de nosso Boletim temos a satisfação de mostrar a produção da psiquiatra e terapeuta familiar Dra. Joana Alegret(1) (Espanha) e do Dr. Gianmarco Manfrida(2) (Itália) psiquiatra, psicólogo e psicoterapeuta com a Dra. Valentina Albertini(3) (Itália), psicóloga e psicoterapeuta, que através de seus artigos nos permitem constatar a relevância da implicação de  diferentes saberes e modelos teóricos bem como do desenvolvimento dos mesmos para o exercício de uma prática que atenda a demanda da população.

A Dra. Joana Alegret (Espanha) escreve sobre a evidência de que atualmente os profissionais se movem entre disciplinas, entre expectativas, entre serviços, entre subsistemas, entre mandatos institucionais, entre imperativos éticos., etc. E assim Alegret escreve que a atual tendência integradora de modelos em psicoterapia responde a tal evidência. Em seu artigo intitulado “A perspectiva sistêmica na intervenção psicoterapêutica para crianças e adolescentes” datado de 2004 o qual temos a possibilidade de compartilhar dada a autorização dessa autora que nos agraciou com tal artigo. Essa autora possui também uma formação em abordagem psicanalítica. Alegret (2004) em seu artigo nos mostra de que modo atua sobre esse entre para propor suas intervenções. Fica evidenciado como tal intervenção depende dessa integração se fazer na experiência prática. Veja o artigo AQUI.

Enquanto em seu artigo intitulado- A última palavra, entre autoridade e responsabilidade terapêutica: a devolução segundo o modelo narrativo das Realidades Compartidas, Gianmarco Manfrida e Valentina Albertini (2015) a quem já parafraseamos no início desse Boletim, ao apresentar o modelo das Realidades Compartidas, argumenta no sentido de que as narrativas alternativas que podem surgir com a ajuda do terapeuta devem ter características tais que permitam que uma mudança ocorra. Retoma o tema da devolutiva em psicoterapia, mas o apresenta com o sentido de um espaço de reflexão para quando os pacientes retornam para suas casas. E assim vai nos apresentando o seu modelo.  Agradecemos a Redes- Revista de Psicoterapia Relacional e Intervenciones Sociales por autorizar a nossa reprodução do artigo.  Veja o artigo AQUI.

Esses estimulantes autores mostram que necessitamos de diferentes saberes e de uma integração entre eles para o exercício da psicoterapia nesse mundo contemporâneo. Sendo que muitas vezes diferentes equipes de profissionais estão implicadas. Conhecermos as produções desses autores que nos mostram como operam realizando intervenções operando sobre o entre pode nos ser inspirador diante das situações das quais nos ocupamos atualmente. Por outro lado, é, ainda, mais uma oportunidade de evidenciarmos como é necessária uma formação de qualidade onde fazer, ser e saber caminham juntos.

 

Parceria Editora Juruá e a ABRAP.

Livros com 20% de desconto.

Mais de 4000 obras com 20% de desconto para associados ABRAPSaiba mais AQUI.

 

Cronograma de Eventos para 2019/2020 incluindo membros da ABRAP e/ou com a parceria da ABRAP:

 

XIII Congresso de Psicoterapia de FLAPSI y IV Congresso Uruguayo de Psicoterapia.

21 a 23 de maio de 2020.

Local: Radisson Victoria Plaza Hotel, Montevidéo- Uruguai.

Save the date: 21 a 23 de maio. Saiba mais AQUI.

 

IX Congresso Mundial de Psicoterapia “Criança, Sociedade e Futuro– o Planeta da Psicoterapia”.

Emília Afrange como Presidente da FLAPSI- Federação Latino-americana de Psicoterapia está no Comité Organizador desse Evento. Dessa maneira a ABRAP estará nesse Evento através de nossa vice-presidente.

Save the date: 26 a 29 de junho de 2020, em Moscou– Rússia. Saiba mais AQUI.

Esperamos encontrar vocês em outras oportunidades ao longo de 2019.

 

Atenciosamente,

Angela Hiluey

Presidente da ABRAP- Associação Brasileira de Psicoterapia

Gestão 2017-2019

 

http://abrap.org/noticias.php?NuNot=219

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.